O envelhecimento mundial e a importância da geriatria

Com a esperança média de vida a aumentar e o desenvolvimento da medicina e das novas tecnologias, o envelhecimento populacional é uma realidade à qual o mundo não pode fugir nem ficar indiferente.

O envelhecimento da população representa um dos principais fenómenos demográficos e sociais da sociedade portuguesa. Muitos dos nossos idosos vivem acompanhados por doenças crónicas que fazem com que estes careçam de um acompanhamento constante, pois, não têm cura e tendem a piorar com o passar do tempo. Essas condições crónicas tendem a manifestar-se de forma mais expressiva em idades mais avançadas e, estão frequentemente associadas ao avanço da idade.  

Ainda que não sejam fatais, essas condições geralmente tendem a comprometer de forma significativa a qualidade de vida dos idosos. Elas podem colocar em risco a autonomia, que é a capacidade individual de decisão e comando sobre as ações e a independência, capacidade de realizar algo com os próprios meios. 

A Geriatria é a especialidade médica que cuida da saúde de quem envelhece, trata dos problemas de saúde e procura prevenir as doenças que podem acontecer durante este processo de envelhecimento, favorecendo a qualidade de vida, daí a sua importância. A tarefa do geriatra também passa por preparar as pessoas para o processo de envelhecer, que, não é fácil e reconhecer e distinguir quais os problemas de saúde mais frequentes no envelhecimento.

Ser atendido por um especialista na faixa etária em causa, por si só, já é uma vantagem. Este profissional oferece também uma assistência integral à saúde do idoso e constrói com ele uma relação de proximidade, o que evita que o idoso venha a ser acompanhado por vários profissionais, um processo desgastante e custoso. Por isso, mais do que nunca, o seu contributo é necessário! Qualifique-se com a Do It Better no Curso Técnico de Geriatria 

ABOUT INSTRUCTOR

Deixe um comentário

blackfriday